“Quem dorme na rua passa o dia de pijama”

No dia 13 de outubro me encontrei com o fotógrafo Thiago Lima, responsável pelo “Quem dorme na rua passa o dia de pijama”, projeto que retrata o dia a dia de moradores de rua.

IMG_8628

Batemos um papo sobre vivência na fotografia, sobre equipamentos e técnicas e lógico, sobre a exposição itinerante que começa nesse sábado e vai até 2014. Marcamos nosso papo no Elevado Costa e Silva, mais conhecido como “Minhocão” e nesse dia, em especial, Thiago não foi fotografar os moradores. O foco do dia foi outro, fotografar sem um tema fixo na cabeça, o que tornou o saída muito mais livre.

IMG_8585

“Muitos me questionam se eu ajudo ou não os moradores. Mas eu não me preocupo muito com isso, a minha ideia é estar na rua, conhecer e retratar as pessoas. Meu ideal é criar a proximidade entre as pessoas que fingem não ver os moradores.  Eu nunca quis mudar o mundo , eu quero abrir a discussão e mostrar que nós podemos ajudar não só com dinheiro,mas com simples ações.  muitos só precisam de um pouco de atenção e se sentir parte da sociedade. Nós sempre temos o que aprender e o que ensinar, isso serve para todas as pessoas.”

Thiago nos contou também que é incrível olhar e perceber como conhecer todas essas pessoas o  transformou tanto.

IMG_8612

Perguntei para ele como começou o projeto: “No inicio eu só queria ter um projeto, eu já havia feito fotos com o tema. Até que um dia, voltando do trabalho eu reparei em uma senhora que sempre estava pelo meu percurso, e resolvi me aproximar e bater um papo. O primeiro contato foi meio confuso, ela não respondia muito bem minhas perguntas, os diálogos eram confusos e ela estava mais interessada em saber quem tinha feito aquilo na minha orelha (alargadores). Com o tempo nós fomos ficando mais próximos, e é engraçado que até os cachorros que latiam e estranhavam minha aproximação, depois de algumas visitas já não ligavam para minha presença. Depois de várias visitas eu resolvi fazer as fotos, e foi super tranquilo, já tínhamos uma proximidade. Quando eu cheguei em casa e comecei a editar as fotos, tive certeza que era isso que era esse o caminho. Até que eu comecei a ir no centro somente para fazer essas fotos.”

IMG_8600

Thiago acreditou tanto no projeto que começou a buscar incentivos para expor.  “Nesse período de construção, um amigo  comentou  sobre a possível  inscrição em editais,  e foi quando consegui o incentivo do VAI, daí  rolou a primeiro exposição no começo de 2012. Nesse ano demos continuidade e conseguimos alcançar mais objetivos, nessa edição vamos fazer uma exposição itinerante, e conquistamos espaços como a Galeria Olido, no centro de São Paulo, que é super importante por ser perto dos moradores.  Dessa vez a exposição começa em outubro de 2012 e vai até fevereiro de 2014.”

flyer

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s